quarta-feira, 30 de março de 2011

Plano de aula: LEONARDO DA VINCI E TINTAS.

TEMA: LEONARDO DA VINCI E TINTAS.
SUBTEMA: APRECIAÇÃO DE OBRAS DE ARTE
AREAS DE CONHECIMENTO: LINGUAGENS VERBAIS E NÃO VERBAL
MÚSICA E LINGUAGESN ARTISTICAS, HISTORIA
FAIXA ETÁRIA: PRÉ III, IDADE DE 5 ANOS.
LOCAL DE E DATA DE APLICAÇÃO: ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO O SABER

JUSTIFICATIVA

Buscar inspiração em pinturas e pintores famosos para criar uma obra individual é comum também entre os artistas plásticos, e porque não ocorrer na sala de educação Infantil, pois, esta prática também se tornou corriqueira nas aulas de Artes como forma de aprofundar o estudo de determinado autor. A criança deve observar uma obra de arte para ser direcionado, pois automaticamente ela ira desenvolver sua criatividade e sempre sua obra será diferenciada a do autor da obra original, pesquisada. Segundo Marisa Szpigel "Inspiração não vem do nada. Num mundo tão saturado de motivações, os estudantes aprendem que é possível produzir algo diferente usando outras obras como referência".

OBJETIVO

• Despertar o interesse das crianças por apreciar uma obra de arte

• Ampliar seu conhecimento cultural referente aos grandes pintores.
OBJETIVO ESPECÍFICO

• Reproduzir as obras do pintor de acordo com seus interesses de produção, escolhendo a obra que mais se identifique.

• Desenvolver habilidade de conhecer obras do artista.

• Nomear sem dificuldade, sempre que solicitado o nome do pintor e algumas de suas obras.

• Perceber que existem técnicas variadas de artes e pinturas. Conhecer diferentes formas de pintar

• Fazer tintas de diferentes materiais.

CONTEÚDO

• Oralidade - bate papo sobre arte e quadros e principalmente sobre a vida do pintor - e brincadeiras.

• Desenhos – reproduzir quadros do pintor.

• Produção - fazer tinta utilizando varias técnicas.

• Pintura – utilizar a técnica do pintor para pintar.

ATIVIDADES/ESTRATÉGICAS

1-Organizar a sala de aula para oralidade

• Contar sobre a vida do artista


Leonardo di ser Piero da Vinci

(Anchiano, 15 de Abril (Calendário Juliano) ou 25 de Abril (Calendário Gregoriano) de 1452 — Cloux, Amboise, 2 de Maio de 1519) foi um pintor, escultor, arquiteto, engenheiro, cientista e músico do Renascimento italiano. É considerado um dos maiores gênios da história da Humanidade.

Não tinha propriamente um sobrenome, sendo "di ser Piero" uma relação ao seu pai, "Messer Piero" (algo como D. Pedro), e "da Vinci", uma relação ao lugar de origem de sua família, significando "vindo de Vinci”.
Nascido num pequeno vilarejo próximo ao município toscano de Vinci, Leonardo era filho ilegítimo de Piero da Vinci, um jovem notário e de Caterina. A mãe de Leonardo era provavelmente uma camponesa, embora seja sugerido, com poucas evidências, que ela era uma escrava judia oriunda do Oriente Médio comprada por Piero. O próprio Leonardo da Vinci assinava seus trabalhos simplesmente como Leonardo ou Io Leonardo. A maioria das autoridades refere-se aos seus trabalhos como Leonardos e não da Vincis. Presume-se que ele não usou o nome do pai por causa do estado ilegítimo.
(Estátua de Leonardo da Vinci na Galleria degli Uffiz) Leonardo da Vinci é considerado por vários o maior gênio da história, devido à sua multiplicidade de talentos para ciências e artes, sua engenhosidade e criatividade, além de suas obras polêmicas. Num estudo realizado por Catherine Cox, em 1926, seu QI foi estimado em cerca de 180. Outras fontes mencionam 220. Na adolescência, Leonardo foi fortemente influenciado por duas grandes personalidades da época, Lorenzo de Médici e o grande artista Andrea del Verrocchio . Leonardo viveu em plena Renascença, nos séculos XV e XVI, e expressa melhor do que qualquer outro o espírito daquele tempo. Ao contrário do homem medieval, que via em Deus a razão de todas as coisas, os renascentistas acreditavam no poder humano de julgar, de criar ie construir. Por isso a Renascença também é conhecida como a época do Humanismo e se caracteriza por enormes progressos nas artes, nas leis e nas ciências.
A pintura foi trazida da Itália para França pelo próprio Leonardo, em 1516, quando este foi convidado pelo rei Francisco I de França para trabalhar na sua corte. Francisco teria então comprado a pintura, que passou a estar exibida em Fontainebleau e, posteriormente, no Palácio de Versailles. Só após a Revolução Francesa, o quadro foi exposto no Museu do Louvre, onde se conserva até hoje.
Suas obras mais conhecidas são os afrescos A Última Ceia, pintado diretamente no refeitório da Igreja Santa Maria delle Grazie, em Milão, e o Retrato de uma modelo desconhecida, a La Gioconda (dita a Mona Lisa), que ele demorou provavelmente três anos para terminar.
Mona Lisa (também conhecida como La Gioconda ou, em francês, La Joconde, ou ainda Mona Lisa del Giocondo), é a mais notável e conhecida obra do pintor italiano Leonardo da Vinci. É nesta obra que o artista melhor concebeu a técnica do sfumato.
O quadro apresenta uma mulher com uma expressão introspectiva e um pouco tímida. O seu sorriso restrito, que deixa ver ligeiramente os dentes, é muito sedutor, mesmo que um pouco conservador.
Este quadro é provavelmente o retrato mais famoso na história da arte, senão, o quadro mais famoso de todo o mundo. Poucos outros trabalhos de arte são tão controversos, questionados, valiosos, elogiados, comemorados ou reproduzidos.
Leonardo começou o retrato em 1503 e terminou-o três ou quatro anos mais tarde. A pintura a óleo sobre madeira de álamo encontra-se exposta agora no Museu do Louvre, em Paris, e é a maior atração do museu.

  • Deixar que as crianças explorem diferentes obras do pintor –Leonardo da Vinci.

2- Atividade de pintura reprodução dos quadros, com lápis de cor e giz de cera e bombril.


3- Atividade de pintura utilizando técnica de terra e cola branca.


  • Técnica Pintura com Terra e Cola

Objetivos: Apresentar com um material não convencional uma diferente maneira de se fazer tinta.

Apresentaremos nesta aula a técnica de pintura com terra e cola branca. Pediremos para as crianças trazerem de suas casas um pouco de terra seca do jardim ou de um vaso. Pegaremos copos plásticos e misturaremos a terra com a cola, numa quantidade que fique numa textura nem muito líquida e nem muito espessa. Mostraremos para as crianças as diferentes tonalidades de marrom que surgiram devido à diferença da cor das diferentes terras trazidas por elas.


A seguir entregaremos uma folha e um pincel para cada criança e pediremos para que elas desenhem livremente com aquela “tinta” formada pela mistura da terra e da cola.

RECURSOS


Sala de aula, aluno e professor, sulfite, giz de cera, lápis-de-cor, lápis preto, tinta, terra preta, cola branca, espoja de aço (bombril).


REGISTRO


A atividade foi aplicada na sala de Educação Infantil do Centro de Promoção Educacional, na sala de crianças de 5 anos, e esta foi feita com


AVALIAÇÃO


Nesta aula de artes pretende-se observar se as crianças têm participação e interesse por apreciar uma obra de arte e fazer com que ampliem seu conhecimento cultural referente aos grandes pintores e que possam usar sua criatividade na reprodução de pinturas e sua participação nas aulas. E fazer com que perceba que existem técnicas variadas de artes e pinturas. Observar a exploração das crianças, quais as curiosidades que têm em relação as artes ao pintor. Observar, incentivando-as a criar sua própria arte, ou seja, sua pintura. E questiona-los sobre a aula e socializar as descobertas enquanto trabalham.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário